Dia da Consciência Negra 2017

Marcha da Consciência Negra - São Paulo
Romerito Pontes / CC-by

Datas da Dia da Consciência Negra

O Dia da Consciência Negra está previsto para as seguintes datas:

  • segunda-feira 20 novembro 2017
  • terça-feira 20 novembro 2018
  • quarta-feira 20 novembro 2019

A data é fixa e será sempre celebrada no dia 20 de novembro.

Dia da Consciência Negra

No dia 20 de novembro, é comemorado no Brasil o Dia da Consciência Negra. A data cívica foi instituída no ano de 1995, em homenagem aos 300 anos da morte de Zumbi dos Palmares, um dos principais líderes a resistir à escravidão. Nessa comemoração, o herói é um negro cuja história remete ao passado escravista do país e às consequências nocivas desse modelo exploratório para a população afrodescendente do Brasil. A vida de Zumbi é símbolo da resistência negra ao escravismo e da luta dos afrobrasileiros contra o racismo, a discriminação e a exclusão social1.

Origem da data

O Quilombo dos Palmares foi criado em 1597 na Serra da Barriga (AL) por cerca de 40 escravos que conseguiram fugir de engenhos de açúcar da região de Pernambuco. Trata-se da mais conhecida comunidade negra a viver fora do sistema escravista. Com o passar do tempo, sua população cresceu, o quilombo tornou-se praticamente uma cidade, e abrigou cerca de 30 mil foragidos, entre negros, índios e brancos. Com a chegada de mais e mais pessoas, formaram-se os mocambos, que eram como pequenas vilas2. Um negro chamado Ganga Zumba foi o primeiro líder do Quilombo dos Palmares.

Com o passar do tempo, portugueses e holandeses tentaram dar fim ao quilombo, porém, sem êxito.

Em 1655, nasceu Zumbi, na comunidade de Palmares. Ainda criança, foi capturado por invasores bandeirantes e levado como presente ao padre Antônio Melo, em Recife. O menino foi batizado pelo padre com o nome de Francisco, educado, tornou-se coroinha nas missas, aprendeu o português e o latim. A comunidade local, porém, não aceitava o fato de o padre criar o menino como filho e não como servo2. Não levou muito tempo para que Zumbi fugisse. Aos 15 anos, em 1670, voltou para Palmares e lá recebeu o nome de Zumbi.

Aos 17 anos, Zumbi revelou-se um grande guerreiro e organizador militar, durante as lutas contra soldados portugueses. Assim, tornou-se uma espécie de ministro da defesa.

No ano de 1678, Pedro de Almeida, governador da capitania de Portugal afirma sua preferência pela submissão do quilombo às regras portuguesas, ao invés de sua total destruição. Na época, o governador propõe um pacto de paz a Ganga Zumba, que acredita na proposta, mas acaba morto2. Assim, Zumbi passa a comandar a resistência contra os soldados de Portugal.

Mais tarde, em 1694, os bandeirantes Domingos Jorge Velho e Vieira Mello lideraram o extermínio da Cerca do Macaco, principal mocambo de Palmares. Zumbi foi ferido, mas conseguiu fugir junto com outros sobreviventes. Até que, no ano seguinte, em 20 de novembro de 1695, Zumbi é denunciado e traído por um antigo companheiro. Foi perseguido, preso e morreu assassinado3.

Festa Cívicas

Efemérides

Sábado 21 Janeiro Semana 3 | Inês UQuarto Minguante

As efemérides em seu site?
Adicione o nosso widget em apenas 2 cliques!